Encontro do Chelsea com o Manchester City “um ótimo teste”, diz Antonio Conte

Antonio Conte acredita que o jogo do Chelsea contra o Manchester City neste fim de semana será um verdadeiro indicador do progresso de sua equipe até o momento, já que os líderes da Premier League tentam ampliar a vantagem sobre a equipe de Pep Guardiola.

“Amanhã é um jogo muito difícil”, disse Conte. “Este é um ótimo teste para nós, para nossa formação, continuar assim. Sabemos que não será fácil, porque enfrentamos uma equipe muito boa, com ótimos jogadores e uma boa ideia de futebol. Mas queremos mostrar que estamos trabalhando muito bem e crescendo.Este é outro passo para nos mostrar se algo mudou desde o início da temporada. ”Ame John Terry ou deteste-o, uma carreira indigna está acabando | Barney Ronay Leia mais

“O primeiro tempo contra o Tottenham foi muito difícil, mas, quando você tem esse tipo de dificuldade, pode aprender muito”, disse ele. “Esta semana estudamos muito o nosso primeiro semestre e mostramos como podemos melhorar essa situação no futuro. O Tottenham é um time de ponta com um ótimo plantel e um ótimo técnico. Não se esqueça, na última temporada eles lutaram pelo título até o final, enquanto chegávamos em décimo lugar. “Esta temporada para o Tottenham ter sete pontos a menos do que nós é uma grande conquista. Eles podem lutar até o final da temporada para ganhar o título. Eles são uma equipe muito boa. Mostrei o primeiro tempo aos jogadores e aprendemos muito.Mas acho que, se fôssemos a equipe no início da temporada contra o Liverpool e o Arsenal, tenho certeza que teríamos perdido esse tipo de jogo. ”

A bem documentada mudança no sistema do Chelsea tem desempenhado um papel importante em sua recuperação na forma e seu artilheiro, Diego Costa, tem prosperado no centro do trio de ataque em forma do Chelsea. Conte está muito contente com a candidatura do espanhol desde o início da temporada, especialmente com o atacante evitando uma quinta reserva, o que traria uma suspensão de um jogo, já que ele assinou o quarto no Arsenal em setembro.